30/10/08

ajustar contas

fazemo-lo mais, à medida que vamos avançando na idade.
como se quiséssemos começar a preparar qualquer coisa ou o caminho de qualquer coisa
para não deixar nada pendente.
a semana passada ajustei contas com o meu armário e alguma da minha roupa, a que tem mais personalidade e que eu guardo há mais tempo
mas é um disparate guardá-la porque nunca mais a vou vestir.
dei uma série de roupa antiga dessa, especial, mas primeiro ajustei contas com ela.
uma camisa dos áureos anos 90 que mais tarde me acompanhou nas loucas produções, com a sara e a paula
uma saia comprida dos remotos 80’s em que se usava tudo e não se usava nada e essa saia era assim uma espécie de allien.
também ajustei contas com umas carteirazitas que já guardaram uma centena de batons, caixas de chiclets e papeis com bocados da minha vida.
ainda tenho de ajustar contas um dia destes com umas tantas coisas.
acho que vou ser velha e ainda vou andar a ajustar contas.
é um sinal que estou viva.
e mesmo com a minha vida arrumada, eu vou sempre conseguir desarrumar alguma coisa…. para depois voltar a arrumar.

2 comentários:

Anónimo disse...

(e como ficaram as novas peças de vestuário? serviram ou trocaste algo?)

marisa

Laura Ferreira disse...

Serviram e todas muito bem!
Adorei...

Beijos, querida.

Arquivo