01/09/10

avé maria cheia de graça, fazei-me escrever


Gostava de encontrar a minha voz interior
E pedir-lhe para não ser tão preguiçosa
E que me soprasse mais vezes, ao ouvido,
As historinhas que eu adoro escrever.

1 comentário:

NT disse...

Ui! Uma fotografia da Catarina Pinho...

Arquivo