21/01/11

a rapariga que pendia para o lado esquerdo

Fazia-o desde tenra idade, ainda que não soubesse andar.
A mãe deitava-a depois de mamar e ela escorregava, paulatinamente,
com os olhos meigos da ternura e do leite, para o lado esquerdo do berço.
Na escola primária fazia corridas desenfreadas com os rapazes, no recreio, e chegava à meta em primeiro, mas completamente fora da área útil que a corrida abrangia. Integralmente encostada ao lado esquerdo.
Em adolescente apareceram-lhe as primeiras borbulhas e ela andava de cabeça baixa, nos passeios da rua, com uma tendência de se colar rentinha à parede, pendendo timidamente para o lado esquerdo.
Quando calçou os primeiros saltos altos torceu o pé esquerdo uma boa dúzia de vezes.
E quando se habituou a esses saltos altos
caminhava, languidamente, com um ar seguro e cadenciado
tendendo ligeira mas harmoniosamente para o lado esquerdo.
Um dia decidiu sentar-se para pensar no assunto.
Foi ao Google, falou com amigas.
Consultou psicólogas e folheou livros à procura de tal tendência.
Numa folha de Excel apontou causas, efeitos, atenuantes e agravantes.
Dias em que isso acontecia assim-assim, momentos em que isso acontecia com particular destaque.
Concluiu então que o seu andar pendia para o lado esquerdo por causa do coração.
Não que ele fosse maior do que o das outras pessoas.
Mas porque estava demasiado cheio de coisas:
pessoas, acontecimentos, imagens, memórias, perfumes,
músicas, mortos, gatas, batatas fritas, sapatos,
amor
velas, jantares, viagens, baralhos de cartas, brindes, livros e recortes.
E pensou que se calhar o seu coração fazia mal a digestão dessas coisas todas.
Foi aí que começou a escrever.
E a partir desse dia ficou, de facto, com o andar mais alinhado.

2 comentários:

Luis Eme disse...

eu escrevo, escrevo e continuo a pender para o lado esquerdo...

C. disse...

é por isso que continuo a postar coisas sobre mim (:

a minha publicação preferida , DEFINITIVAMENTE . talvez por eu própria também ser esquerdina , nunca tinha pensado nesta teoria do coração (:

Arquivo