14/04/11

enquanto é tempo

Não vou ter tempo para tudo o que quero fazer na minha vida.
Por isso decidi colocar, numa folha de Excel, as coisas todas que quero fazer e ao lado, noutra coluna,
a respectiva prioridade.
Quando dei conta já ia em perto de 50.
Mas não são coisas tipo “quero ir à Índia”. Não senhor.
São mais “Quero escrever um livro” ou “Quero ter aulas de canto”.
Há dias, pensava nisso à noite, quando fumava o ultimo cigarro do dia na varanda.
Quando fumo, à noite, o ultimo cigarro na varanda,
dá-me para pensar em coisas absurdo-abstracto-sensíveis.
E depois deito-me e sonho e é o diabo feito vaca.
Como há dias pensava nisso à noite, fui sonhar que cantava numa Ópera.
E cantava em pontas, como as bailarinas.
Não vou ter tempo para tudo o que quero fazer na minha vida.
Mas acho melhor despachar-me e ir tratando de algumas. Enquanto é tempo.

Sem comentários:

Arquivo