18/10/11

Diálogo pequenino mais ou menos médio:


Ele: Mas o que são os post-its?...
Ela: São pequeninos textos.
Ele: E porque é que lhe chamas assim?
Ela: Porque há post-its pequenos.
Ele: Mas podias chamar-lhes só pequeninos textos.
Ela: Sim, podia. Mas prefiro chamar-lhes post-its.
Ele: Pois. Está bem. (pausa) Mas e então como é que chamas aos textos grandes?
Ela: … textos grandes.
Ele: ?
Ela:  Olha, é mania de quem escreve, deixa lá, pronto.
Ele: Vá, dá cá um beijo, não amues…
Ela: Oh, pronto. Não estou a amuar.
Ele: Queres que te escreva um post it pequeno? És tu quem costumas escrever; desta vez escrevo eu. Pode ser?
Ela …(riso)… pode.
Ele: Mas posso dar-lhe outro nome? Posso chamar-lhe antes “pequenino texto de amor?”.

1 comentário:

O Profeta disse...

O tempo corre em sua em sua invisível viagem
Um Santo nunca dorme no altar
Um barco sobe e desce cada onda do Mar
Um cais de partida também acolhe o chegar

São tantos os mistérios que encontrei na vida
Cruzei com gente desconhecida que conhecia bem
Falei e falo com gente que partiu desta vida
Sinto tanto aroma perdido que este tempo guarda e tem

Mágico beijo

Arquivo