15/12/11

quadradinhos com gente lá dentro


gosto de quadradinhos com gente lá dentro.
Conheço uma portageira em Ermesinde com a qual mantenho uma relação peculiar.
Não nos conhecemos mas rimo-nos imenso e falamos do tempo como se falássemos dos filhos.
Hoje está bom. Amanhã vai estar péssimo. Este frio faz mal aos ossos. Prefiro o frio à chuva.
Ela é muito engraçada. Tem cabelo de boneca, muito armado, lábios cor-de-rosa e olhos claros. Mãos sapudas e riso franco.
Quando se despede de mim diz-me sempre “tudo de bom”.
Certo é que o meu dia se torna muito mais simpático, depois de ver a senhora da portagem no seu quadradinho com o sorriso de banda desenhada, todos os dias, à minha espera. 


4 comentários:

Luis Eme disse...

estes encontros são o melhor dos dias, Laura. :)

Laura Ferreira disse...

São, sim, Luis. :)

Pedro M disse...

Sabe Laura,

Devido às scut's comprei a via verde e desde então sinto uma certa tristeza quando passo por uma portagem. Era reconfortante ouvir o voto de boa viagem que alguém com quem trocáramos apenas umas breves palavras sempre nos dirigia. Agora limito-me a escutar um piiii, electrónico e frio, que me anuncia ter ficado mais pobre uns euros na conta bancária, e uma fortuna no coração.

Um beijo

Laura Ferreira disse...

Entendo, Pedro, perfeitamente. :)

Arquivo