31/07/12

eu sou meia feita de cinema

Pronto, é verdade.

Há dias em que me assumo estranha. Muito estranha, aliás.
Hoje, por exemplo. Apetecia-me deitar no paredão de Matosinhos e ficar lá em pose de cinema à espera que um Tom Ford ou um Clint Eastwood me viesse buscar para fazer um remake inesquecível.
Sim, eu sei, que se me lá sentar arrisco-me a ficar roxa de frio.
Hoje também fazia uma mesa de uma só cor, co tudo a combinar, como faz a Sara Cwynar nas suas fotografias incríveis. E depois punha “New York Trio” a tocar.
E acompanhava, um copo de vinho, com o “My Funny Valentine” enquanto escrevia um texto estupidamente pequeno e amoroso no meu Moleskine acabado de estriar.
Ah, tudo isto, claro, com um risco de eye-liner e um batom vermelho.
Afinal não é impossível fazer cinema de vez em quando…

http://www.youtube.com/watch?v=ojVpZ3VFiYg&feature=related

Sem comentários:

Arquivo