20/08/12

ups

tão descontraída estava eu na Marina hoje, a tomar o meu café, a fumar o meu cigarro e a escrever no meu romace, que me deixei levar por ela, a heroína do meu romance, a Alice, aquela que me dá cabo da cabeça, aquela que me enfurece e me encanta que me levantei depois disso tudo e zarpei dali sem pagar.
e vieram duas meninas do café gordinhas a suar em bica atrás de mim, só lhes faltava a pistola e seguiram-me até à loja dos bikinis para me pedirem os 2 euros da conta...
eu, especada, meia corada, meia envergonhada, mas com um sorrisinho maroto nos lábios, pedi desculpa e lá paguei mas não me envergonhei muito porque não foi por mal
mas ainda bem que isto aconteceu porque é a Alice quem me faz isto
e isto é digno de figurar no meu romace...
às vezes já não sei se é a Alice ou é a Laura.
ou onde começa a Laura e onde começa a Alice.
ou onde é que as duas vão terminar...

1 comentário:

Luis Eme disse...

:))

(tão descontraída esta romancista)

Arquivo