27/12/12

música no coração

Eu sei que dá todos os anos. Este ano por acaso não deu mas nós fomos buscar.
Eu sei que a maioria das pessoas acha uma valente seca.
Eu sei que há outros melhores.
Eu sei. Sei disso tudo.

Mas também sei:

Que continua a arrepiar-me do princípio ao fim, com o auge no momento em que o plano desce para a Maria, (que vem a subir) e abre os braços para começar a cantar:

“the hills are alive”

Que canto TODAS as letras – TODAS; eu, pai, mãe, manas, primas, sogra de mano, irmão da sogra de mano. Os gatos não cantam, mas a minha Alice adora o momento dos fantoches.

Que:
Adoro. Adoro. Adoro. Cantamos, batemos o pé e rimo-nos uns para os outros como se estivéssemos a cantar a tabuada.
Gosto, gosto, gosto, da sala dos espelhos, das árvores frondosas, dos 7 irmãos, das roupas, do carteiro, das freiras.
Encanta-me desde miúda a dança da Liesl com o Ralph. Tantas vezes a imitei nos sofás do salão da antiga casa..
Arrebata-me a Maria nos braços do capitão; a canção, a luz de veludo, o vestidinho dela, quase consigo sentir o toque do vestido, quase consigo sentir o perfume da noite.
Põe-me com lágrimas a correr como torneiras, o casamento dela, a entrada; quando era miúda tinha o desejo secreto de me casar assim, entrando sozinha na igreja, com as freiras do filme a cantar; tinham que ser as freiras do filme…
Enternecem-me letras, refrões, significados.
Cada musica, cada plano, guarda um meu momento, uma historia curta, uma lágrima especial que ainda recordo. Guarda memórias de uma mãe que me ensinou a amar este filme, entre outra tantas pequenas grandes coisas.

Não, não tenho vergonha de afirmar convictamente, e com um rubor característico das coisas que para mim me estão debaixo da pele, que gosto tanto do”Bonjour Tristesse”, do “Vertigo”, da “Morte em Veneza”, do “One from the heart”, do “Metropolis”, do “Eletrico chamado desejo”, como gosto do “Música no coração”.

Paciência. No meu coração e nos meus olhos cabem todos os filmes do mundo.
E sim, este filme é uma das “my favorite things”.

4 comentários:

anouc disse...

Adoro. Tenho a banda sonora e tudo. Já devo ter visto mais de 50 vezes.


Já não se fazem frauleins como antigamente.

sara disse...

Laura...o que escreveste levou-me às lágrimas.
Adoro este filme...

sara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Laura Ferreira disse...

Sara, obrigada.
Adorei ver-te aqui..

Arquivo