27/12/12

o meu natal

o meu natal foi um natal quente
com cheiro a rabanadas
a saudade e a memórias.
 nos natais fico sempre com olhos de miúda
e temperamento de garota.
apetece-me dar abraços apertados.
 nos natais apetece-me sempre ter prendas idiotas.
coisas que não servem para nada aos olhos dos outros.
nos natais apetece-me sempre pedir
que me deixem por mais um ano
as coisas que mais amo.

Sem comentários:

Arquivo