05/02/13

estragas-me a paz

Estragas-me a paz. e eu preciso das minhas solidões, de bocados mentais sem ti.

(ana luisa amaral)

1 comentário:

Luis Eme disse...

quem não precisa...

Arquivo