22/03/13

a história de amor mais curta de sempre #1


Ela espirrou. Ele disse “viva”. Ela enrubesceu, riu e agradeceu.
Ele espirrou. Ela disse “santinho”. Ele piscou-lhe o olho, gargalhou e passou para a cadeira ao lado dela.
Passados seis meses estavam casados.

8 comentários:

Luis Eme disse...

é capaz de haver histórias de amor mias curtas e mais rápidas, Laura. :))

não fossemos nós um dos maiores exportadores de "curtiças". :))

© Piedade Araújo Sol disse...

só ficção....

:)

O Puma disse...


Cheira-me a coelhos

Mar Arável disse...


Vagarosos instantes

Laura Ferreira disse...

numa história bem rápida :)

Laura Ferreira disse...

Sim Piedade :) mesmo ficção.. :)

Uma Rapariga Simples disse...

Ligaram-se na doença. Só pode ter corrido bem na saúde.

Laura Ferreira disse...

Eu gosto de pensar que corre sempre bem..

Arquivo