11/03/13

A história de amor que não aconteceu

A mulher era séria demais e nunca se ria.
O homem era muito risonho, até demais; ria em situações despropositadas e inusitadas.
A mulher era sisuda e vestia preto e tinha cabelo muito sério e ar cinzento.
O homem era levezinho, vestia cores brandas e tinha cabelos longos e fortes e saudáveis e viçosos.
A mulher era azeda e não ia além de um adjetivo.
O homem era lamechas e doce e queridinho e usava palavras terminadas em “inhos” e “inhas”.
Talvez por serem assim tão diferentes nunca tenham reparado um no outro, mesmo que se tenham encontrado.
E talvez por estes dois motivos nunca se tenha escrito uma história de amor sobre eles.
É pena.
As histórias de amor deviam estar ao alcance de todos.
Mesmo daqueles que são mais diferentes.



Sem comentários:

Arquivo