26/03/13

sal

Deve existir algo estranhamente sagrado no sal. Encontra-se nas lágrimas e no mar.

(Khalil Gibran)

Sem comentários:

Arquivo