03/04/13

coisas parvas que não interessam a ninguém

agora de manhã nunca fumo.
de tarde fumo pouco.
à noite fumo mais.
a minha mãe disse-me, andas com a cara melhor.
e disse ainda, mudaste de cremes?
eu disse, sim mudei e também alterei os meus hábitos de fumar.
ela disse, ah bom, que bom.
eu disse, pois.
ela disse, podias deixar.
eu pensei, as mães mesmo que fiquem contentes, nunca ficam satisfeitas.
eu encolhi os ombros.
ela disse, pois.

6 comentários:

Luis Eme disse...

eu não fumo. nunca fumei.

mas acho que quando se tem prazer em fumar, deve-se procurar reduzir o consumo, mas não necessariamente deixar de saborear o cigarro, Laura.

ainda na segunda feira falei disto com uma amiga, que estava a fumar muito menos, mas não estava a pensar deixar de fumar, nem que fosse apenas depois do almoço e depois do jantar.

© Piedade Araújo Sol disse...

eu não fumo
e faz mal à pele
por isso larga JÁ esse vício
até rima....

:)

Luis Rodrigues disse...

Que somos nós sem os nossos vícios?
outros

Laura Ferreira disse...

Luis, eu sou como essa tua amiga...

Laura Ferreira disse...

Piedade, eu sei que faz.
Mas é tão bom..

Laura Ferreira disse...

Somos uns viciados, Luis R..

Arquivo