04/04/13

piquena cantiga

que bom era
que nos levasse o vento, numa cantiga,
casta, calorosa e tonta.
e que pés passassem a ser mãos
e mãos cabeça
e cabeça sangue
e sangue tronco
e tronco músculos
e nós assim, atordoados, estouvados.
mas contentes.

2 comentários:

Carpe diem to me disse...

Bela "cantiga"

Beijinhos,

http://carpediemtome.blogspot.pt/

Laura Ferreira disse...

Obrigada :)

Arquivo