14/06/13

a rapariga que via passar os dias

By Karel Ludwog, 1947.

Gostava de se sentar a ver passar os dias.
Gostava de sentir que, se quisesse, podia abocanhá-los ou, simplesmente,
deixá-los ir.



2 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

nem mais!

e será que era feliz?

;)

Laura Ferreira disse...

havia dias que sim.
havia dias que não.

beijinho

Arquivo