12/07/13

ACORDAR

Acordar assim ou assado. Mais para a esquerda. Com uma dorzinha na lombar.

Com uma ruga tatuada na testa, do lençol. Com o cabelo sonolento e os olhos amuados.

Com uma mão dormente e um pé profundamente adormecido.

Com o coração em câmara lenta e o cérebro a puxá-lo para uma brincadeira.

Acordar assim mais assim do que assado, mais do que outra maneira qualquer.

Com mais um quartinho do nosso cérebro arrumado.

Acordar assim é muito bom.

Acordar é muito bom.

Acordar é.

Acordar.

2 comentários:

Ronilda David/Loubah Sofia disse...

É verdade, e principalmente se acabamos de escapar d'um pesadelo ou coisa parecida (risos)

Mas mesmo o acordar d'um soninho gostoso é bom sim aquela preguiça lerda...lenta,quase como se ainda tivessemos dentro de algodões.

Uma delicia ler-te,estar aqui e sentir a alma "Acordar".

Abraço carinhoso

© Piedade Araújo Sol disse...

mas é bom....
sinal que estamos vivos...


:)

Arquivo