04/07/13

o caminho?

É em frente, sempre a subir.
Para, se precisares para respirar.
É arduo. Vai parecer-te que não tem fim. Mas tem. Lá no ciminho. Não se vê daqui.
Mas é daquelas coisas que se adivinham.
E as coisas que se adivinham às vezes são as melhores.
Não sabemos como são, mas têm tanto de nós, porque já lhes demos tanto e porque as desejamos tanto.
Não olhes para trás.
É em frente, sempre a subir.
Para, se precisares de respirar.
Mas sobretudo não desistas. Nunca.

4 comentários:

Hismindaway disse...

Muito bom;) E sim, a surpresa agradável vai saber-te bem!!

Laura Ferreira disse...

Nem imaginas quanto :)

Anónimo disse...

As subidas representam ensaios...dar um passo atrás e voltar a subir é como aprender por tentativa e erro. Ao fim de 10... ensaios sentimo-nos mais capazes e confiantes.

Gostei muito.

Laura Ferreira disse...

:)

Arquivo