20/08/13

armários do IKEA

pois é. quem viu a praia da Falésia em Vilamoura e quem a vê.
outrora via-se gente normalzinha. famílias, grupos de amigos,
grupos de amigas, pessoas sozinhas.
hoje em dia e para além disso, também podemos ver armários do IKEA.
sim. armários.
aqueles rapazes / homens que passam horas no ginásio a desenvolver
uma musculatura jeitosa e bem caprichada,
a mim parecem-me mais bisontes,
e depois vão para a praia da Falésia,
besuntar os músculos inchados com óleo bronzeador que na verdade deve ser óleo de cozinha.
e em pé. sim, eles untam-se e ficam em pé, de mãos na cinta
e perna aberta.
de maneira que, na praia da Falésia, ao fim da tarde, se olharmos para o horizonte,
vemos dezenas e dezenas de armários gigantes, a lembrar bisontes na savana,
de perna aberta, cabelinho à Ronaldo, fiozinho de prata azeitona,
calçãozinho justo a deixar adivinhar o que nosso senhor jesus cristo lhes deu
e óculozinho de marca anzol comprado no chinês.
por isto tudo
é que hoje eu disse adeus à praia da Falésia
e converti-me, irremediavelmente, à praia de Loulé Velho.
e tenho dito.
 

4 comentários:

Luis Eme disse...

:)))

Graça Sampaio disse...

Os chamados metrossexuais?! Horríveis! Uns chatos! Mas nunca tinha ouvido chamar-lhes «armários do Ikea»..... De mais!

Beijo (através do Luís Eme)

© Piedade Araújo Sol disse...

:)...

:)

no coment

:)

Laura Ferreira disse...

:)

beijos a todos :)

Arquivo