27/06/13


26/06/13

gosto

dos meus gostos perdidos em pequenos gostos.
do barulho do calor e dos lençóis.
das ondas da praia e do vermelho da pele.
do cheiro a férias.
gosto de gostar destas pequenas coisas.
e nestes dias. gosto de mim.

25/06/13

hoje foi assim

eu, o mar.
a praia e o livro.
as vozes e os cheiros a creme.
as gaivotas zonzas de calor.
a pele contente.
as famílias juntas.
o meu pano de moçambique.
o sono do sol.
a sombra das conversas.
o sol.
eu, o mar.
e tudo outra vez.
e amanhã há mais.

hello summer

olá férias, livros, mãe.
olá calor.
 

21/06/13

a dança do amor

dançaram uma vida ao som de uma musica firme, de toada otimista,
versos delicados, partitura confiante.
dançaram até se acabar a música. e mesmo depois disso,
continuaram a dançar.

coisas de amigas e assim

embora falassem linguagens diferentes
tivessem hábitos alimentares distintos
não frequentavam o mesmo cabeleireiro
irritavam-se com coisas díspares
uma lia e a outra dormia
uma rosnava e a outra falava fininho
uma era teimosa e a outra prepotente
uma andava sempre de branco e a outra andava sempre de azul
embora isto tudo e ainda mais
eram as melhores amigas.
e nunca. mas mesmo nunca. se zangaram.

enjoy little things

david seidner

eu, a água, junho frio.

HELLO SUMMER

20/06/13

A Sul da Fronteira, a Oeste do Sol, haruki murakami

gostei. do casaco vermelho da mulher estranha.
da escrita simples e por vezes forte.
dos espaços. dos lapsos de tempo.
da pele dela.
enfim, gostei.

e gosto do tema que lhe deu origem: «South of the Border, West of the Sun», de Nat King Cole.
um dia, quando for grande, escreverei um romance com o nome de uma música que ouvia em pequena.

o livro

E de repente, a minha boca transforma-se em papel.

E a minha língua é branca e os meus dentes lápis.
E de repente, em segundos, escrevo um romance só com um simples mastigar.
E de repente sou feliz.

A

phot. by yang wang

gosto de arte, alma, aves.
abraços, azeitonas, arquitetura.
amarelo, adrenalina e amigos.

tu és?

by Toni Frissell.

De repente as coisas não precisam mais fazer sentido. Satisfaço-me em ser.
Tu és? Tenho certeza que sim.

Clarisse Lispector

19/06/13

sou introvertido

sou introvertido
as coisas que vejo
colam-se-me à alma
como chiclete
se me comovo, engulo
as próprias lágrimas
quando me rio,
o meu sangue borbulha, e
mesmo as palavras,
alimento-me delas
de resto, estou sempre esfomeado
se o mundo coubesse dentro de mim,
já teria morrido de indigestão
em contrapartida, extroverto tudo o que ingiro e,
por vezes, até sou notavelmente feliz


Vida: Variações II"
Bénédicte Houart "

de pequenino se molda o destino.

parabéns Gramde, Grande, Chico.

music is everywhere

American International Building - New York City, NY, 2012


Mãe, quando for grande deixas-me continuar a ser pequena?

18/06/13

há coisas que não provo. mas aprovo.

curiosidade quase mata a Laura

Sim, vai sair um livro chamado "As Cinquenta Baboseiras de Toni", de Rossella Calabró, para gozar - SIM, GOZAR, com as 50 sombras de Grey.
Pela sinopse digo-vos que fiquei curiosa. Nem que seja para ler o 1º capítulo.

Lucien Clergue

 Langage des Sables (Language Sands), Camargue, 1972. 

tempo e hora

phot. by Anita Ekberg.

“Não havíamos marcado hora, não havíamos marcado lugar.
E, na infinita possibilidade de lugares, na infinita possibilidade de tempos,
nossos tempos e nossos lugares coincidiram. E deu-se o encontro.”

Rubem Alves

hoje era mesmo isto..

14/06/13

will you?

a rapariga que via passar os dias

By Karel Ludwog, 1947.

Gostava de se sentar a ver passar os dias.
Gostava de sentir que, se quisesse, podia abocanhá-los ou, simplesmente,
deixá-los ir.



ista

By Terence Donovan for VOGUE.

hoje podia ter acordado malabarista.
ou podia ter acordado materialista.
ou perfumista. ou boavista.
ou qualquer outra coisa terminada em ista.
mas acordei só laura, mesmo.

13/06/13

12/06/13

Deviam ser inventado o dia mundial do “nem lá vou nem faço minga”.

yang wang

pois era

- podíamos passar a tarde a dizer disparates e a rir e depois íamos até ao Palácio ver o rio e depois íamos ao Majestic tomar uma meia de leite e uma torrada e depois apanhavamos o autocarro. parece-te bem?
- sim. todos os sitios me parecem bem, desde que esteja contigo.

body

phot. by billy kid

"take care of your body.
it's the only place you have to live."
(jr)

11/06/13

está cinzento

phot. by Sophie Van Der Perre

mas tenho pássaros, margaridas e brincos de princesa
nas minhas duas mãos.

Andrea Ehrenreich

07/06/13

os melhores poemas são aqueles onde as palavras se abraçam.

phot. by tono stano

red my lips.

eternal

Audrey Hepburn by Avedon, 1961.

bonjour..

com nuvens
com ameaça de chuva
mas com a cabeça cheia de sol.

06/06/13

Gosto de galãs, gatos, giz e gabardines.

gatas & vírgulas

hoje sabe-me o dia a boca e a vírgulas.
se calhar foi por ter ontem ter lido tanto.
tanto que as minhas gatas amuaram comigo.

hoje

sinto-me feminina até no espirrar.

"o melhor movimento feminino, ainda é o dos quadris".


m. fernandes

(imagem de um dos filmes que mais amo)

6

6 do 6.
junho.
o meu mês preferido do ano.
gostava de ter nascido em junho.
acredito que em junho as coisas podem ser boas.
junho tem dias grandes.
algumas das pessoas mais importantes da minha vida
fazem anos em junho.
em junho, este ano, começa algo de novo.
já está a começar.
ontem estive a ler os meus posts, aqui no photomaton,
de junho dos outros anos.
gosto muito.
dos posts.
e do meu photomaton,
e de junho.

Arquivo