28/01/14

ai sei sei

Era baril. Ter um armariozinho com sapatos, muita roupa.
E cabeças.
Para podermos trocar todos os dias.
Uma que falasse em francês, outra com sotaque alentejano, uma que não dissesse os “eles”.
Uma que tivesse ideias frescas. Uma que tomass...e decisões acertadas.
Uma que fosse assertiva. Outra mais emocional.
Eu gostava de montar um negócio de cabeças.
Havia de vender milhares delas.
Principalmente daquelas que tivessem bom senso, honestidade, lealdade e respeito.
E sei muito bem a quem as venderia.
Ai sei sei.

2 comentários:

quem és, que fazes aqui? disse...


Está o máximo, Laura!

Dá-me a tua opinião, qual me assentaria melhor? Já estou farta da minha. :))

Beijinho

Laura Ferreira disse...

ando com o mesmo problema :)

um beijo grande

Arquivo