26/01/14

eu gostava que me apertasses muito. hoje e sempre.


2 comentários:

Mar Arável disse...

Sem amarras

Viviane disse...

e com amarras também, com toda a liberdade de apertar, sempre

Arquivo