26/03/14

ando ando

sem tempo, sem regras, sem horas que cheguem, sem sono, sem umas tantas coisas que me impedem de aqui vir e sempre que aqui não venho sinto saudades e as saudades que sinto põem-me na boca um sorriso meio triste e rio, rio triste e rio sem pressa e sem tempo.

mas sinto, saudades e muitas. e gosto-te blog e gosto-te muito.

2 comentários:

Luis Eme disse...

eu eu gosto-te de ler, de te sentir por aqui, das tuas criações. :)

Laura Ferreira disse...

obrigada Luis :)

e eu de vocÊs, todos.

Arquivo