18/04/14

este amor

depois de descoberta,
a fórmula exata do amor,
não há matemática mais simples
e mais bonita.

4 comentários:

Mar Arável disse...

Talvez nos encontremos a meio da ponte

© Piedade Araújo Sol disse...

e há formulas?!

acho que não!

:)

Fábio Ribeiro disse...

É que se funcionar com fórmulas eu não chego lá :p

Laura Ferreira disse...

pequenas fórmulas bem pequenas que não passam por fórmulas...

acho que não respondi nada...mas a mim faz-me sentido...

Arquivo