14/04/14

ti e mim



sabes, há dias em que me apetece inverter a ordem natural das coisas.
sabes, há dias em que me apetece desafiar as leis da física.
sabes, há dias em que saio de mim e me colo em qualquer coisa:
num sapato, num suspiro, num relógio de pulso, num botão de punho.
há dias assim
em que deixo ir o mim
para te encontrar a ti.

Sem comentários:

Arquivo