04/05/14

histórias e imagens

passo a vida a coleccionar histórias
que escrevo
para imagens que me surpreendem.

gostava de escrever, para esta imagem,
uma história que tivesse que tivesse um gato preto
varandas com vizinhos em pijama e a conversar, com sotaque, de coisas fúteis
violetas a crescer em floreiras
uma aranha fininha com a sua teia de brilhantes
um rapaz franzino com olhos tristes e grandes
que tocasse nocturnos de Chopin

e uma rapariga pequena
de idade indefinida
que fumasse um cigarro ás escondidas
todas as noites
na varanda de uma casa com soalho inclinado
com vista sobre um rio qualquer

podia ser o tejo.
mas eu preferia que fosse o douro.


Sem comentários:

Arquivo