01/07/14

mesmo




posso não nadar por aí além
mas quando me meto num qualquer mar de coisas
é para mergulhar a fundo
e, se preciso for, me afogar.

Sem comentários:

Arquivo