17/10/14

beleza


 
acho que a beleza de verte em tanto, de tudo.
encontro-a várias vezes ao dia, e várias vezes ao dia a ela me entrego
emocionada e agradecida.

quando a diviso, em imagens, nelas mergulho e a elas me entrego:
em conversas abandonadas às sombras
em cantigas com refrões estivais;
sento-me nas cores mais fortes
apego-me a desfocados
e apaziguo-me com matizados e perspetivas.

a beleza visitou-me, hoje, através desta imagem:
e levou-me, numa cantiga de tempo,
com pés de vento
e palavras de mar. 

 *

 fotografia de Bibi Alves
 

Sem comentários:

Arquivo