27/11/14

By Mark Shaw for Vanity Fair, 1954.


Sem comentários:

Arquivo