30/09/14

Natasha Poly & Aleksandra By Mario Testino For Vogue


ando aos papéis

com a papelada e a vida
que tenho de arrumar.

só me apetece sentar-me
e ficar mergulhada nos teus olhos azuis.


29/09/14

menos tu.


pronta


para a saga dos 46.
obrigada a todos os que me falaram e escreveram.
um xi apertado.

24/09/14

a rigor

prometo
preparar-me a rigor
para os 46
amanhã.

23/09/14

cinza

Não gosto de dias cinzentos.
Parece que os dias cinzentos têm o condão de me pintar de cinza.
E eu não me gosto de cinza mas de cor.
Gosto-me de cor.
Sei-me de cor.
Quero-me de cor.
 

detalhes


um dos casos mais sérios da minha vida.

22/09/14

e agora?

phot. by Gabriele Rigon.

apetecia-me ficar-me
 hoje de tarde
na varanda do tempo
a ver passar o teu amor.

às vezes gostava que o meu peito se transformasse em nuvens.


parabéns, meu grande grande amor.


19/09/14

esta é a história de amor mais curta do mundo.


6ª feira rapioqueira. soalheira.



6ª feira rapioqueira. soalheira.
apetece-me fazer coisas esquisitas.
apetece-me desafiar o céu, o S. Pedro e os políticos.
apetece-me mudar de voz. apetece-me ser loira das 15h às 20h.
apetece-me fazer caretas a quem passa
e miminhos nos cabelos a quem fica.
apetece-me falar numa língua inventada e dançar da frente para trás
apetece-me cozinhar por gestos e dormir em pé.
6ª feira rapioqueira. soalheira.
anda cá
que eu digo-te o que é bom para a tosse.

18/09/14

a capacidade de



gostava de ter assim a capacidade de
dançar
sim, dançar,
quando na vida se me deparam coisas que me fazem ficar parada.

gostava de ter assim a capacidade
de desafiar tudo
e tudo tornar ao contrário
até a mim.

sim, até a mim.





dias

dias de
descanso
desejo
didascálias
dedos.

17/09/14

janelas, histórias e vidas




Gosto de fotografias de janelas.
Gosto de fotografias de roupa.
Gosto de fotografias de janelas com roupa a secar nas janelas.
De cada vez que encontro uma fotografia com uma janela com roupa a secar nela, escrevo uma história.
Já escrevi tantas histórias com vidas dentro das janelas que já lhes perdi a conta.
Mas continuo a colecioná-las.
As janelas, as histórias e as vidas.

apetecia-me passar a tarde, contigo, a fazer coisas do caramba.


encanto




ainda me encanto todos os dias
com tantas coisas.
um encanto castiço, poético,
que me espreita e depois me arrebata.
 

Arquivo