09/01/15

Tchaikovsky, Romeu e Julieta.



Hoje vou ouvir, pela orquestra sinfónica do Porto, a minha peça, clássica, preferida. de sempre.
Tchaikovsky, Romeu e Julieta.
Se tivesse que me definir numa música, acho que seria esta.
Por tudo.
Respirações, altos, baixos, melodia, fúria, romance, silêncios, toque.
Hoje, por alguns minutos, o meu nível de felicidade vai transbordar.

1 comentário:

Eros disse...

Nem acredito que me encontro neste momento na mesma sala que tu, em plena Casa da Música. Pergunto-me se vês a luz do meu smartphone enquanto te comento. :)
O mundo é pequeno... Deveras...

Beijo.
Esta noite começa maravilhosamente.

Arquivo