02/02/15

carreirinhas e organização



Tiravam fotografias em carreirinha com alguma frequência.
A ordem pela qual se dispunham dava-lhes uma certa seriação mental e obrigava-as a ficar quietas 
e sem falar muito.
Um dia a terceira a contar da direita morreu sem avisar as outras.
Resolveram, pois, deixar de tirar fotografias.
Não só porque não gostavam de números pares, mas também porque a falecida era a mais alta de todas.

3 comentários:

a história d'eles disse...

Gosto :)

© Piedade Araújo Sol disse...

interessante....

:)

Maria Eu disse...

Há sequências que nunca podem ser interrompidas.

Beijo. :)

Arquivo