28/08/15

f é r i a s

Sem grande tempo para aqui voltar.
Mas sempre a lembrar-me deste meu novo canto.
O meu sitio das minhas pequenas coisas.
Estou na varanda. Fazem 29 graus. Eu faço um pouco de sombra ao meu sol.
A minha varanda, esta. Dos cigarros, das pessoas todas, do amor, da saudade.
Os dias nesta varanda são mais dias.
Esta minha varanda conhece muitas varandas de mim. 

Sem comentários:

Arquivo