09/09/15

chuva

chove em setembro.
setembro é o meu mês.
mesmo com chuva, gosto dele com sol.
em setembro setembro-me deleitosamente, ao sabor dos tímidos entardeceres.
ao som da música da minha vida.
há dois anos que me setembro contigo.
e, espero que eternamente.

2 comentários:

Graça Pires disse...

Também gosto muito de setembro. Este seu poema lembrou-me Ruy Belo: "Setembro é o teu mês, homem da tarde anunciada em folhas como uma ameaça. Ninguém morreu ainda e tudo treme já. Ventos e chuvas ronda pelos côncavos dos céus e brilhas como quem no próprio brilho se consome..."
Um beijo.

Laura Ferreira disse...

obrigada pelo poema.
gostei muito.
beijinho

Arquivo