07/09/15

o início



é sempre dificil.
liberto-me da areia da alma, do sol dos pés, da música dos sentidos.
e afundo-me em trabalho, casa, roupas, teatro.
a vida faz-se de ciclos, eu sei.
e que bom que te tenho sempre perto de mim.


2 comentários:

Graça Sampaio disse...

Os ciclos da vida, os ciclos do anos - em círculos. Ainda bem!!

Laura Ferreira disse...

:)

Arquivo