12/10/15

como é possível

sentir-me longe de mim?
como se o meu corpo respondesse, automaticamente, a todos os estímulos, até ao respirar.
como se o meu coração batesse, abandonado, noutro peito que não o meu.

e eu, de longe, a ver-me respirar, andar, trabalhar, escrever, tossir.
como se fosse outra.

1 comentário:

deep disse...

O "outrar-se" de Pessoa. :)

Arquivo