01/10/15

destas coisas

phot. by Andreas Sjödin

às vezes a alma dói. dói com palavras e com silêncios.
às vezes a alma chora. com frases e sem lágrimas.
a minha alma, às vezes, parece que tem vida própria.
que me comanda, me complica e me chora.

3 comentários:

Castiel disse...

A alma é a nossa essência...

Deixo-te um beijinho.

Graça Pires disse...

Lembro Eugénio de Andrade: "Ninguém pode suportar de olhos abertos o peso do mundo"...
Um beijo, Laura.

Laura Ferreira disse...

lindo, Graça.
Beijinho

Arquivo