24/11/15

mãe, deixas-me sair da linha, só hoje?

borrifar-me para o IMI.
não ir buscar aos correios uma carta registada.
não fazer jantar.
não trabalhar de tarde.
não chegar a horas onde devo chegar a horas.
desafiar o sim.
assim tão só simplesmente não.
não.
e não.
e outra vez não.

4 comentários:

luisa disse...

Ora, e porque não?
:)

Graça Sampaio disse...

Oh como te compreendo!!!

Beijinhos

Laura Ferreira disse...

:) um beijinho às 2

Pedro M disse...

Só hoje?!
Não, só hoje não!

É preciso sair da linha de vez em quando. Por ti própria...

Um beijo

Arquivo