24/03/16

ser ou não ser Blogger - eis a questão



Afinal, Blogger, é uma profissão?
Certo é que nos dias de hoje algumas pessoas passaram a viver disso (e diga-se, em alguns casos, demasiado bem).
Mas e as pessoas como eu, que mantêm um blog há 10 anos e escrevem quase diariamente?
Afinal sou ou não sou Blogger?
Bem, é uma palavra que pelos vistos já aparece nos dicionários.
Mas será que há alguém que preencha, nos quadrados destinados à identificação da profissão, a palavra “Blogger”?
Quando atualizei o meu CV, há tempos atrás, tive dúvidas se havia de colocar essa referência.
Acabei por pô-la dado ser uma mais-valia na candidatura a que me propus: estudar Língua Portuguesa.

Se calhar daqui a uns anos ainda terei a mesma dúvida.
Se calhar daqui a uns anos os Blogs já não se chamam Blogs e até já passaram de moda.
Uma coisa é certa: se eu ainda cá andar, o “sitio das pequenas coisas” andará comigo.

10 comentários:

Impontual disse...

Laura, fez bem em actualizar o CV. Ficou mais enriquecido.
Daqui a dez anos, se isto ainda for moda, cá estaremos neste sitio das pequenas coisas.

Quanto aos profissionais - não são bloggers, são freelancers.

Um Abraço

Isabel Pires disse...

Ufa, Laura, fiquei descansada com a última frase.
Andas cá há dez anos? Fantástico. Eu ainda só tenho oito meses e meio. :)
Há bloggers que vivem disto... Publicidade, convites para ir à televisão, escrever para revistas... Pelo menos na área da moda há vários.
Nalgumas situações parece-me fazer sentido constar no CV.
Beijo

Eros disse...

Somos uma bela família! :)

Laura Ferreira disse...

Impontual, espero bem que cá andemos :)

Laura Ferreira disse...

Isabel, deixa-te ficar por aqui muito tempo, sim? :)
beijo

Laura Ferreira disse...

Eros, somos uma grande família, também :)

Graça Sampaio disse...

És uma blogger e pêras!!! Eu gosto mesmo de cá vir, mesmo que não comente.

Sabes tão bem como eu que a palavra blog é uma amálgama de web log que apareceu por imitação do capt's log, o diário de bordo. Foi nessa aceção que fundei o meu blog há seis anos, como um diário de bordo e é assim que os vejo.

Os que dão muito dinheiro deve ser por grande «empreendedorismo» (que palavrinha antipática!!) dos seus editores - eu não tenho jeito, não sou uma «empreendedora»....

Beijinhos, blogger...

Laura Ferreira disse...

Obrigada Graça :) já nós conhecemos destas andanças há uns tempos.
Gosto muito desta partilha
Um beijinho

ana p disse...

Um blog ás vezes é assim uma espécie de terapia
Já chamei ao meu, poema diário mas penso que é mais um diário poema
Bj Laura

Laura Ferreira disse...

o meu é tanta coisa, Ana,
acho mesmo que é o meu maior "eu"

beijinho :)

Arquivo