12/04/16

criatividade

phot. Kathy Tackett
só vem quando não deve.
quando estou entupida de trabalho.
quando estou a vestir-me para a aula de pilates.
quando adormeço. como ontem, que me deitei a pensar na peça nova.
e desenhei, no escuro: luz, som, pés e mãos.
entoei palavras e adornei o espaço com música.
as ideias jorraram, ávidas e histéricas.
lembro-me de adormecer com um sorriso nos lábios.
e depois, de manhã, népia de ideias.

pode ser que voltem depois. espero bem que sim.


8 comentários:

Maria Eu disse...

Li agora sobre o prémio. Parabéns!

Castiel disse...

Uma rebelde, essa criatividade! :)

Mar Arável disse...

Infinitos tangíveis

Isabel Pires disse...

Laura, se estás a falar dela, da criatividade, é porque ela veio na altura certa. Ficaram marcas boas que, talvez sejam mais produtivas, pelo contexto de que emergiram.

Beijo

Laura Ferreira disse...

Maria, muito obrigada :)

Laura Ferreira disse...

Castiel, e uma teimosa :)

Laura Ferreira disse...

mar, pois...

Laura Ferreira disse...

Mas às vezes ela escapa-se quando mais preciso dela, Isabel...

Arquivo