20/08/16

reler

phot. by rowan mersh

ando a ler-me, para trás.
algumas coisas que escrevi ainda me são tecido. gritos. escapes. rotações de vida.
adivinho instantes em vírgulas
revivo músicas que deixei de ouvir porque estava a escrever aquilo
cheiro sorrisos
e ouço o toque da roupa nos momentos em que o silêncio me tirou a roupa toda.

ando a ler-me para me agasalhar
e sobretudo
para não me esquecer deste caminho de anos.

este caminho de tecidos, escolhas, dificuldades e (muita) persistência.

6 comentários:

Teresa Borges do Canto disse...

eu também faço isso, Laura, gosto de olhar para trás.
boa (re)leitura :)

luisa disse...

Esqueço-me facilmente do que leio. E do que escrevo também. Por vezes, se volto assim atrás, nem me reconheço. :)

Graça Pires disse...

Um bom exercício, esse, de se reler. Dá para encontrar alguma errância inscrita no olhar...
Um beijo, Laura.

Laura Ferreira disse...

Teresa, faz bem à alma :)
obrigada

Laura Ferreira disse...

Luisa, às vezes também me acontece :)

Laura Ferreira disse...

Dá sim, Graça :)

beijinho

Arquivo