21/09/16

A casa de Bernarda Alba

comprei o livro em 2003 depois de ler uma versão em espanhol.
comprei-o para o dirigir a peça, com o meu grupo antigo. acabou por não ir para a frente.
hoje, 13 anos mais tarde, volto a abri-lo.
desta vez vai ser, sim.
vou encenar esta obra fabulosa do Lorca, com as minhas mulheres.
estou assustada. 
sinto nas costas o peso da responsabilidade.
de levar ao público a minha versão da opressão daquelas mulheres.
o jugo a valores dominadores e tirânicos.
a sexualidade das mulheres, primeiro reprimida e depois a aflorar-se, gradativamente, qual fotografia.
sim, fotografia.
na nota de abertura do livro o autor intitulou esta obra um "documentário fotográfico".
e foi de facto, um retrato inigualável da sociedade espanhola no inicio do século XX sob o ponto de vista das  mulheres.
agora ainda fiquei mais assustada, depois de escrever isto.
mas também fiquei mais feliz.

8 comentários:

Carla disse...

Vai correr tudo bem! A tua sensibilidade ao mundo assim mo garante. :)

conta corrente disse...

Desafio. Força nisso.

Gaja Maria disse...

É bom aceitar desafios e concretizá-los. Vai correr tudo pelo melhor, vais ver :)

Alexandra Cruz disse...

ai, que pena que eu tenho de não fazer parte "das tuas mulheres"...

Laura Ferreira disse...

Carla,

espero bem que corra!

Laura Ferreira disse...

CC, grande desafio :)

Laura Ferreira disse...

Gaja M, vai sim.
estou com ganas disso :)

Laura Ferreira disse...

Alexandra, acredito. :)
eu gostei muito de te ter entre nós :)

Arquivo