17/10/16

a minha sala nova

que bom que foi, mudar a sala no sábado à noite.
assim de repente, sem contar. no restaurante rabiscou-se um esboço na toalha.
e depois mudou.
sim, mudou radicalmente. com direito a arrastar móveis, limpar chão, redefinir espaços, equacionar objectos.
muitos focos de luz, muitos objectos antigos, muita arte nas paredes.
muita história nas paredes e nas frestas dos móveis. muitos sussuros impressos no chão.
muita música, muita vida, muita gente.
a minha sala nova está tão bonita que me faz ficar pequenina.

9 comentários:

Alaska disse...

Na tua sala bonita cabe o mundo. :)

Um beijo, Laura. :)

Mar Arável disse...

Na minha velha sala tudo é novo
basta-me olhar em noites diferentes
Bj

ana disse...

na minha sala as paredes estão vazias :)

luisa disse...

Está bonita mesmo. Vê-se daqui, da minha. :)

Laura Ferreira disse...

Alaska, obrigada :)
um beijo

Laura Ferreira disse...

Mar, também é verdade.
podermos ver diferente o que é igual todos os dias.

Laura Ferreira disse...

Ana, não acredito. :)
quanto mais não seja, estão forradas a palavras.

Laura Ferreira disse...

Luísa, e não é que está mesmo bonita? :)

Carla disse...

Gosto tanto de mudar móveis e sentir-me numa casa nova, mesmo com as coisas «velhas». :)

Arquivo