30/11/16

a mulher atrás da janela do prédio ao lado da rua que dá para a margem direita do rio - aquele ponto exato onde o mar lhe volta as costas –

by Julia Steinigeweg



a mulher atrás da janela do prédio ao lado da rua que dá para a margem direita do rio - aquele ponto exato onde o mar lhe volta as costas –
é uma mulher de trinta e poucos anos
que todos os dias ali se põe, à janela.
põe a tocar o "some day my prince will come"
e deixa-se ficar ali de perfil.
de perfil, sim, porque sabe que ele é bonito.
já inúmeras mãos, masculinas e sorrateiras, lhe deixaram bilhetes na caixa do correio.
bilhetes escritos a mão leve, com letras tontas de desejo, com suor a verter-se despudorado.
já incontáveis homens se detiveram à espreita e à escuta; a tentar obter dela nem que fosse um pestanejar. mas não,
a mulher parece mais uma não-mulher-de-verdade
porque parece nem respirar;
porque o seu peito não sobe e desce no compasso das batidas
porque os seus olhos vítreos apontam sempre na mesma direção
e porque há dias pousou-lhe um mosquito no contorno do lábio direito e...
e nada aconteceu.
na rua, continuam a fazer-se apostas relativas ao corte da franja do cabelo, à cor da blusa, ao formato da jarra, à alvura das cortinas, à espécie das flores.

a mulher atrás da janela do prédio ao lado da rua que dá para a margem direita do rio - aquele ponto exato onde o mar lhe volta as costas –
é uma mulher que deve querer qualquer coisa
mas ainda ninguém descobriu o que ela quer.

10 comentários:

Manel Mau-Tempo disse...

parece uma não-mulher, ou então está hipnotizar por algo que só ela vê, por detrás da janela do prédio ao lado da rua que dá para a margem direita do rio.

Mar Arável disse...

Se mudasse de margem ....

Alaska disse...

Talvez nem ela saiba...

Deixo-te um beijo, Laura. :)

luisa disse...

Isso é porque uma bruxa má lhe deitou feitiço e a mulher está como boneca de cera. Espera pelo príncipe corajoso que se atreverá a fazer o mar virar-se de frente e assim poderá desencantá-la
:)

Gaja Maria disse...

Espera o regresso de alguém que partiu e teima em não voltar....

Laura Ferreira disse...

acho que está hipnotizada por algo que está para acontecer.

Laura Ferreira disse...

ou de prédio, Mar :)

Laura Ferreira disse...

Alaska, eu acho que ela sabe. :)

outro para ti.

Laura Ferreira disse...

Luísa, gosto dessa ideia, do mar de virar de frente :)

Laura Ferreira disse...

O mar trará o que ela espera, GM :)

Arquivo