14/11/16

operação delicada.


Amputar angústias. Cirurgicamente.
Dissecá-las com minúcia. Mão firme. Olhos seguros.
Manuseio. Olfato. Olhar demoradamente. Abocanhar.
Demorar neles, nos apertos, o tempo que seja preciso. Sem tempo.
Deixar escurecer, decompor, clarear, regenerar.
Voltar a incorporar. Coser. Bordar.
Ataviar.
Olhar demoradamente.
Demorar nelas, nas angústias permutadas, o tempo que seja preciso.
Porque agora elas pertencem-nos de foram diferente.
Porque agora já sabemos viver com elas.

(Este fim de semana tratei de uma, que era danada.
Já fiz as pazes com ela. E agora estou em paz.)

12 comentários:

conta corrente disse...

Que sentimento agradável. Ficar em paz.
Gosto da forma prática, sem incúria, sem desleixo, de resolver.
Uma boa semana Laura.

C.N. Gil disse...

A paz é o maior dos bens...

:)

Graça Pires disse...

Não conheço operação mais delicada, Laura...
Uma boa semana.
Beijos.

Isabel Pires disse...

A cirurgia foi um êxito!
Beijos, Laura

Mar Arável disse...

Há dias assim
em alta definição

Laura Ferreira disse...

custa, CC, às vezes.
mas quando se consegue é tão bom!

boa semana.

Laura Ferreira disse...

CN podes crer.
e depois de a alcançarmos fica-se viciada...

Laura Ferreira disse...

Graça, com a idade vai sendo cada vez mais depurada :)

boa semana,

beijo

Laura Ferreira disse...

Isabel, foi longa mas correu muito bem :)

boa semana

beijo

Laura Ferreira disse...

Mar, há dias em que nado sem me afogar, na minha paz. :)

Manel Mau-Tempo disse...

trabalhas com aqueles cheques cirurgia? tenho umas quantas para amputar...

Laura Ferreira disse...

bora M M-T :)

até te dou meia dúzia deles

Arquivo