14/12/16

Barbie & Laura


Tenho que confessar que adoro bonecas.
Tenho algumas, metidas numa caixa de plástico: uma Barbie, uma boneca Russa, a Lara Croft toda artilhada, uma boneca estilosa desenhada por um japonês, comprada em NYC e várias outras de menor importância no que se refere a valor monetário, mas de grande importância sentimental.
Certo é que hoje em dia não brinco com elas. Mas adoro pensar que as tenho, que são minhas e, se me apetecer, posso sempre tirá-las da caixa e pô-las desfiladas e em carreirinha cuidadosamente estruturada, na cómoda, a olhar para mim.
O mais engraçado ainda é que vou fazer de Barbie, numa peça de Natal para crianças, com estreia marcada para o próximo Sábado.

Confesso que foi com uma inquietação deliciosamente infantil que percorri o Google à procura da vestimenta para a minha Barbie. Decidi-me pala Barbie “Fitness”; além de estar na moda, era a que não me faria gastar dinheiro algum em figurinos. Já tenho pestanas postiças, caneleiras, leggings estupidamente coloridas, e outros pechisbeques, absolutamente indispensáveis, para que o resultado final seja o mais próximo possível do original.

Estou em pulgas. O espetáculo é muitíssimo humano; retrata a noite de Natal de duas bonecas que não foram vendidas e ficam retidas numa montra.
O que as espera? Como passam a noite de Natal? De que falam?
Às tantas chega um sem-abrigo, uma mulher igualmente desalojada com uma criança e um cão.
E está feito um presépio raro e tão original.

Original de Nuno Higino
Adaptação, interpretação e criação de Sofia Príncipe e Laura Avelar Ferreira.

(sob encomenda da APGENS – Associação de Pais do JI e EB1 de Gens)

19 comentários:

Isabel Pires disse...

Também tenho (muitas) bonecas, mas nenhuma Barbie... Não me lembro de a ver na altura e nunca me deu para comprar uma.
Laura, e agora queria desejar-te boa sorte, mas parece que isso dá azar... O que é que se diz, afinal?

Laura Ferreira disse...

Isabel, diz-se habitualmente "break a leg" ou "muita m****".
Confesso que não me importo nada que me desejem boa sorte. :)

obrigada e um beijinho para ti.

conta corrente disse...

Break a leg Laura, sounds perfect.

Alaska disse...

Eu não tenho bonecas, mas tenho um exército de ursinhos. Um em Portugal e outro a ser construído em Inglaterra. E levo o meu Pequenino para todo o lado. :)

Gostava de ver a peça, Laura. :)

Muita m**** :)

luisa disse...

Nunca tive uma Barbie original. Tive uma imitação. Adorava brincar com ela. A minha filha, sim já teve a verdadeira Barbie. Não sei se ainda existe. Hei de ver num baú que guarda bonecos.

A tua peça é que eu fiquei com vontade de ver. :)

Olvido disse...

Boa sorte!!

Imprópriaparaconsumo disse...

Dei as minhas bonecas à minha filha e ela já as deu à minha sobrinha. :)
Desejo-te muita sorte!

mz disse...

As crianças com os seus brinquedos constroem os diálogos mais próximos da realidade e a imaginação não pára. Que os adultos as tragam pois, para uma realidade absolutamente injusta de uma forma suave como o teatro e com bonecas vivas.

Desejo que o espectáculo corra bem e que a mensagem seja fácil de assimilar!

"Break a leg" :)

Mãe Maria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mãe Maria disse...

Não sou fã de bonecas. Em garota tive duas sendo que, uma delas, a que a mãe me deu num NAtal passado, ainda a guardo. As barbies não eram do meu tempo de jovem menina mas a filha teve muitas. Este ano, fora todas dadas para os contentores de distribuição de brinquedos aqui da nossa junta de freguesia.

Desejo-te que corra bem a tua peça, que com toda a certeza, vai correr bem.
Feliz nAtal para ti Laura e muitos sucessos.

Mãe MAria

Laura Ferreira disse...

CC, também costumo usar essa :)

(não no sentido literal, claro :)

Laura Ferreira disse...

Alaska, prometo que se repetir, aviso :)

vou ver consigo deixar aqui uma fotografia.

beijo

Laura Ferreira disse...

Luísa, vê no teu baú se não tens uma Cindy.
Essa sim, é a boneca dos meus sonhos, já a procurei por toda a parte.

(um dia destes perco a cabeça e compro uma no ebay)

acho que ias gostar da peça :)

Laura Ferreira disse...

Olvido, obrigada :)

Laura Ferreira disse...

Imprópria, essas bonecas um dia vão ter histórias fantásticas para contar :)

beijo

Laura Ferreira disse...

MZ, é isso mesmo, sabes. Coisas sérias a brincar. E a mensagem passa muito bem. O Teatro é um excelente veículo de comunicação.

obrigada beijinho

Laura Ferreira disse...

Mãe Maria, é um ato muito bonito, darmos aos que precisam o que já não nos faz falta.
Vai correr, sim, obrigada :)

Gaja Maria disse...

Há muitos anos que já não tenho bonecas, as minhas foram dadas e só tive filhos rapazes.acho que acabei por gostar de bolas e carrinhos :) Boa sorte :)

Laura Ferreira disse...

GM, muito obrigada :)

um beijinho

Arquivo