07/12/17

bossa-vento-tu

phot. harold feinstein



e por vezes vens em forma de vento
e outras vestido de aurora
e outras vestido de tudo.

e trazes na boca vendavais de inconstância
e no verso de ti aquela história
aquela que nunca teve música
mas que nunca deixaremos de cantar.

06/12/17

Broadchurch

"A seemingly calm and friendly seaside town becomes a town wrapped in secrets when the death of an eleven year old boy sparks an unwanted media frenzy. As the town's locals start to open up about what they do and don't know, it falls upon the police to catch the supposed killer."

É assim que aparece a descrição no IMDb.
Esta série apareceu-me, por acaso, numa das pesquisas tardias e ensonadas, minutos antes de dormir.
Chamou-me a atenção o facto de ser passada numa cidade costeira inglesa e pensei em como os ingleses têm tanto jeito para estas coisas de crime, no que respeita a séries.
Não me enganei.
A série é magnifica: a fotografia é belíssima, a interpretação de David Tennant (Alec) e Olivia Colman (Ellie) é muito boa e a história prende desde o início.
A realização surpreendeu-me muitas vezes, pelos planos longos e/ou arrojados.
A primeira temporada é de 2013 e já vai na terceira.
Para já, arriscaria a dizer que é para continuar.


05/12/17

de novo, luz


depois de alguns dias no escuro, aqui estou de novo.
o meu sítio teve de mudar de sítio, e à custa disso apanhei um grande susto.
e descobri, também, que afinal ele me faz muita falta.
e que todos vocês também.

23/11/17

amor à prova de pele

phot. saul leiter


Pediu-lhe que estudasse a cartografia das suas costas.
E depois pediu-lhe uma viagem à volta da sua pele.

22/11/17

das minhas raízes




Ontem rezei, sentada, dentro do carro, às escuras, ao fim da tarde, no fim do dia, antes de entrar em casa, antes de entrar na vida, antes de continuar no tudo.
Rezei muito. Rezei do profundo, do pilar, do núcleo duro, das raízes do medo.

Arquivo