03/04/17

a voar desde 25 de setembro de 1968

phot. Fiddle Oak

hoje em dia voo mais devagar; não subo tanto, não faço viragens vertiginosas.
demoro mais tempo a partir e a chegar.
mas sem dúvida alguma, disfruto bem mais da viagem
e não há (quase) nada que me escape.



10 comentários:

Impontual disse...

Algo apenas possível ao cabo de uma quantas horas de voo.

Luis disse...

ninguém voa sempre

nem dá jeito

CCF disse...

Voa cada vez melhor!
~CC~

Gaja Maria disse...

Vai-se aperfeiçoando o voo. O importante é nunca deixar de voar :)

Isabel Pires disse...

Como a menina está crescida :)Desde 1968!
Laura, já estás a preparar a festa dos 50 como as pessoas como deve ser? (Que não é o meu caso e atestado logo por aí, que não fiz nada de especial por ser esse dia, mas eu só conto para a estatística das margens :))
Que continue a ser uma boa semana!

Laura Ferreira disse...

Impontual e mesmo assim, às vezes é difícil :)

Laura Ferreira disse...

Luís eu voo muitas vezes :)

todos os dias.

Laura Ferreira disse...

CC cada voo é uma história :)

Laura Ferreira disse...

GM é mesmo isso.
há dias em que me custa começar, mas nunca desisto :)

Laura Ferreira disse...

Isabel, boa semana também para ti :)

pois relativamente aos 50 ando em negociações com as minhas Lauras, para ver o que decido :)

Arquivo