03/05/17

humanos

 


Brad Wilson

parece que juridicamente estamos protegidos.
mas o homem é a lei que nos assusta mais.


12 comentários:

Ricardo Meneses disse...

Nem mais.

Boa semana para si.

conta corrente disse...

ainda bem que os animais deixaram de ser coisas, mas olha que o animal humano é uma verdadeira coisa ruim :)

Alaska disse...

o homem explode o mundo...

um beijo nesse teu coração, Laura. :)

Gaja Maria disse...

Veremos como o homem se vai portar perante isso. Cheira-me que nada vai mudar...

Victor Barão disse...

Claro que dado o imenso cinismo humano, a protecção jurídica de pouco vai adiantar.

Mas ao menos teoricamente é um bom passo em frente, que no mínimo em alguns pontuais casos algum correspondente efeito prático há-de ter _ digo eu!!!_ em efectivo benefício da vida animal; enquanto vida animal que em si mesma inclui a própria humanidade, ainda que como também e tão bem sabemos, nem sempre, nem em muitos respectivos casos esta última se trata de todo bem a e/ou de entre si mesma, incluindo ou excluindo regras jurídicas ou outras.

De qualquer modo grato pela partilha

Cumprimentos

Golimix (Lina) disse...

Triste, não é?

:(

Laura Ferreira disse...

Ricardo, obrigada!

Laura Ferreira disse...

CC pois é mesmo... e não estou a ver jeitos para que deixe de ser ...

Laura Ferreira disse...

Alaska, o homem devia sentir-se abençoado pelo mundo....

Laura Ferreira disse...

GM também acho.
mas vou ficar atenta, como aliás sempre estive

Laura Ferreira disse...

Vitor eu tenho sempre tendência a acreditar no Homem, mas...

Laura Ferreira disse...

Lina, é das coisas que me tiram do sério, sabes, fazer mal aos animais...

Arquivo